TRE-SC marca novas eleições diretas em Bom Jardim da Serra e Sangão

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) definiu que as eleições diretas em Bom Jardim da Serra, na Serra catarinense, e Sangão, no Sul, vão ocorrer no dia 2 de abril. Os dois prefeitos eleitos em outubro foram impedidos de assumir por irregularidades nas candidaturas.

Ainda conforme o TRE-SC, os candidatos tem até 7 de fevereiro para homologar as candidaturas, com convenções partidárias entre 3 e 5 de fevereiro. As prestações de contas dos partidos e candidatos ocorrem em 4 de abril.

Também está prevista propaganda eleitoral gratuita a partir de 8 fevereiro, entretanto, em rádio e televisão ela poderá ocorrer por cerca de um mês, entre 24 de fevereiro a 30 de março.

Candidatos eleitos impedidos
Em Bom Jardim da Serra, correm dois processos paralelamente. O prefeito eleito Cristiano Cardoso da Silva (PSD) solicita manter os resultado das eleições, no TSE. Já o candidato da chapa indeferida das eleições, Serginho Rodrigues de Oliveira, o Serginho (PTB), que teve mais de 50% dos votos dos eleitores, solicita no TRE-SC a realização de novas eleições.

Já em Sangão, o prefeito reeleito, Castilho Silvano Vieira (PP), não assumiu o cargo porque a Justiça entendeu que ele estaria no terceiro mandato em 2017.

Em 2008, Vieira foi eleito vice-prefeito do município. No ano de 2012, ele assumiu por um mês, entre abril e maio, a prefeitura, na ausência do prefeito. Em 2012, ele foi eleito para o mandato até 2016 como prefeito. A defesa está com recurso no STF.

No 1º dia de 2017, assumiram as cidades os presidentes das Câmaras. Em Bom Jardim da Serra, governa provisoriamente Pedro Ostetto (PSD). Já em Sangão, assumiu interinamente Anderson de Souza (PP).

Prefeito de Abelardo Luz foi empossado
Em Abelardo Luz, em 1º de janeiro, o presidente da Câmara, Lucas Sernajotto (PMDB), assumiu o município.

O registro de candidatura de Nerci Santin (PMDB) e Cleomar Finger (PMDB) haviam sido impugnado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por crime contra administração pública em 2010.

Entretanto, em 10 de janeiro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deferiu uma liminar que empossou Santin.

 

Fonte: G1 SC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.