Tragédia com voo da Chapecoense completa três meses

“Lembro de tudo naquela noite e por isso dou valor a cada momento dessa nova vida, mesmo quando estava no hospital. Vamos viver!”, escreveu Rafael Henzel em um post no Facebook na noite de terça-feira (28), véspera da tragédia com voo da Chapecoense completar três meses. O jornalista também publicou uma foto com os outros três brasileiros sobreviventes.

O acidente aéreo em 29 de novembro de 2016 deixou 71 mortos na Colômbia. Sobreviveram apenas o jornalista, três jogadores da Chapecoense e dois comissários bolivianos.

“A próxima madrugada marca 90 dias da maior tragédia do futebol mundial. Abaixo uma das poucas fotos que tiramos juntos. Foi no Rio, com o Tite comandando o Brasil contra a Colômbia. A vida ressurgiu para nós. Cada um com suas dificuldades de readaptação, mas vivos. Particularmente Não tenho direito de reclamar de nada e muito menos pedir alguma coisa à Deus, em respeito a todas às famílias que perderam seus familiares”, disse Henzel.

No post, ele também escreveu que lembra de tudo que ocorreu na noite da tragédia, “por isso dou valor a cada momento dessa nova vida, mesmo quando estava no hospital”.

Em janeiro, Henzel voltou a trabalhar como narrador esportivo em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

“Desejo que Deus conforte o coração dos que sofrem com a tragédia. Deus dê força para Alan, Neto e Follmann. Que Deus possa iluminar o caminho de Ximena e Irwing, os bolivianos que também sobreviveram. Ao clube, torço e acredito na reconstrução. Aos torcedores do mundo: obrigado pela fé e apoio. Nossas vidas foram marcadas pela tragédia, mas hoje estamos aqui três meses depois da fatalidade”.

 

Fonte: G1


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.