Técnico da Chapecoense quer passar dos 50 pontos no Brasileirão

O técnico Caio Jr atingiu seu primeiro objetivo na Chapecoense ao alcançar 46 pontos após a vitória contra o Figueirense, neste domingo, na Arena Condá. A meta era chegar a 45 pontos que teoricamente garantem a permanência na Série A.

Mas o técnico disse que não quer comemorar nada antes de garantir matematicamente a vaga. E não quer ficar só nisso pois sua meta é fazer a maior pontuação da história da Chapecoense no Campeonato Brasileiro, que foram os 47 pontos no ano passado.

– Agora vamos pensar mais, em chegar aos 50, 52 pontos, temos condições para isso – afirmou o treinador.

Mas ele também reconheceu que, neste momento, com a permanência praticamente garantida, a prioridade é a Copa Sul-Americana, onde enfrenta o San Lorenzo, no dia 23, pela segunda partida da semifinal. O primeiro confronto foi 1 a 1.

A partir de agora a ordem é recuperar os jogadores para o confronto decisivo na história do clube, que já é o único catarinense a chegar nesta fase da competição. A Chapecoense também pode ser o terceiro clube brasileiro a vencer a Sul-Americana, que já foi vencida por Inter e São Paulo.

Como o próximo jogo é somente no dia 16, contra o Botafogo, os jogadores receberam folga de três dias. A ideia é evitar lesões, como as que tiraram Gimenez, Matheus Biteco e Neto do jogo contra o Figueirense. Gil também sentiu um dor muscular e foi substituído ainda no primeiro tempo do jogo contra o Figueirense.

– Contra o Botafogo só vai jogar quem estiver 100% – disse Caio Jr.

Mas isso não quer dizer desconcentrar a equipe nem na competição nacional, nem na internacional, segundo o comandante. Ele afirmou que chegar numa final da Copa Sul-Americana é um sonho. E ele quer marcar seu nome na história do clube, tanto na competição nacional, quanto na internacional.

 

Fonte: Diário Catarinense

http://dc.clicrbs.com.br/sc/esportes/noticia/2016/11/tecnico-da-chapecoense-quer-passar-dos-50-pontos-no-brasileirao-8181526.html


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.