Suspeito de matar ex-mulher é encontrado morto em rio em Chapecó

O corpo de um homem de 22 anos foi encontrado no Rio Irani, em Chapecó, no Oeste catarinense, na tarde de quarta-feira (21). Conforme a Polícia Civil, ele é o principal suspeito do assassinato da ex-mulher, achada na última sexta-feira (16). O casal tinha uma filha de 2 anos.

O rapaz foi retirado da água por volta das 19h na localidade Linha Palmeira. Moradores acionaram à Polícia Civil ao ver o corpo boiando. Ele estava desaparecido desde a última quinta-feira (15).

Ainda de acordo com a Polícia Civil à RBS TV, a principal linha de investigação aponta que ele teria matado a mulher e tirado a própria vida. O Instituto Médico Legal (IML) identificou a causa da morte como afogamento.

O caso está em investigação na Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami). O suspeito já estava com mandado de prisão pela homicídio dela e tinha passagem por violência doméstica.

Mulher teria sido espancada

O corpo da jovem de 18 anos foi encontrado no interior de Chapecó na sexta e foi reconhecido pela família nesta segunda-feira (19).

Segundo a Polícia Militar, ela tinha sinais de espancamento. O corpo estava em um barranco, próximo a uma residência. Segundo a PM, o local é de difícil acesso.

A PM informou que uma pedra, que pode ter sido usada para causar os ferimentos, foi apreendida pelo Instituto Geral de Perícias (IGP).

Fonte: G1 SC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.