SC registra 2,8 mil focos de Aedes aegypti em 108 municípios

Até o dia 11 de março foram identificados 2.895 focos do mosquito Aedes aegypti em 108 municípios catarinenses. Neste mesmo período em 2016, haviam sido identificados 2.909 focos em 111 municípios. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive-SC).

Conforme o relatório, o número de municípios considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti no Estado caiu de 53 para 52. O município de Catanduvas deixou de ser considerado infestado, após não detectar a presença do mosquito na localidade considerada infestada em um ano.

O Estado registrou dois casos de dengue neste ano, sendo um é autóctone, com transmissão dentro de SC,  e o outro é importado (transmissão fora do estado). O caso foi registrado no município de Maravilha, no Oeste de SC. No mesmo período em 2016 haviam sido confirmados 2.303 casos da doença no Estado.

Santa Catarina também registrou dois casos importados de chikungunya. Até o momento, não foram identificados casos de zika vírus.

 

Fonte: DC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.