Saiba quais municípios de SC têm maior risco de infestação do Aedes aegypti

Lixo e sucata representam um dos maiores riscos atualmente para infestação do mosquito da dengue, chikungunya e zika em Santa Catarina. É o que aponta o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) de 2016, realizado em todo país pelos próprios municípios em novembro deste ano. Do total de 57.176 recipientes que continham água inspecionados no Estado, pois representavam potencial de criadouro do mosquito, 35% eram de lixo e sucatas. Pequenos recipientes móveis, como baldes e pratos de plantas, representaram 27,2% e recipientes fixos (calhas, piscinas e tanques), 21,8%.

Do total de 72 cidades de SC que deveriam participar, por serem consideradas infestadas pelo mosquito ou em risco de infestação, apenas 54 fizeram o levantamento. Quatro cidades apresentaram médio risco de infestação do mosquito: São Domingos, Sul Brasil e Maravilha, no Oeste, e Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Sul Brasil apresentou o maior índice de infestação. De cada 100 imóveis, dois apresentaram larvas do mosquito. Em Maravilha, esse índice foi de 1,9, em São Domingos e Balneário Camboriú, 1,1. Entre 1,1 e 3,9 é considerado risco médio. Abaixo disso, índice das demais cidades que fizeram o levantamento, é considerado satisfatório. Índice acima de 3,9 é alto risco, mas nenhum município do Estado se encaixou neste perfil.

Apesar do Estado apresentar relativa melhora em relação aos números do ano passado, não há motivos para comemorar, de acordo com o coordenador do Programa de Controle da Dengue em Santa Catarina, vinculado à Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde, João Fuck.

— Os depósitos tinham água e, em clima quente e úmido, passam a oferecer todas as condições para o mosquito se reproduzir. Infelizmente, muitas pessoas ainda mantêm em seus imóveis recipientes que poderiam ser eliminados, pois são criadouros do mosquito em potencial. Essa negligência coloca em risco não só os moradores daquele imóvel, mas toda a vizinhança — alerta Fuck.

 

22215640-jpg

Levantamento foi realizado nos seguintes municípios: São Domingos, Sul Brasil, Maravilha, Balneário Camboriú, Cunha Porã, Nova Itaberaba, São José do Cedro, Palmitos, Xanxerê, Saudades, Planalto Alegre, Princesa, Chapecó, Guaraciaba, Mondaí, Coronel Freitas, Itajaí, Quilombo, Xaxim, Camboriú, Guarujá do Sul, Descanso, São Miguel do Oeste, Itapiranga, Dionísio Cerqueira, São José, Florianópolis, Bom Jesus, Jupiá, Tubarão, Itapema, Ipuaçu, Anchieta, Jaraguá do Sul, Palhoça, Serra Alta, São Lourenço do Oeste, São Bernardino, Passo de Torres, Palma Sola, Modelo, Pinhalzinho, Novo Horizonte, Nova Erechim, Catanduvas, Cordilheira Alta, Campo Erê, Caibi, Seara, Concórdia, Coronel Martins, União do Oeste, Caçador e Itapoá.  Foto: Dive / Divulgação

22215652-jpg

22215675-jpg

 

Fonte: Diário Catarinense


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.