Rodovias de SC devem ter fluxo 20% maior no verão, esperam PRF e PMRv

Na temporada de verão 2017, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) esperam receber o fluxo de turistas 20% maior do que no verão passado. Entre Natal e Ano Novo, o fluxo tende a ser de 50 a 60% maior e, com isso, há o aumento de acidentes.

O projeto “De Olho no Verão” promove um debate nos veículos da RBS em Santa Catarina de três grandes temas que impactam moradores e turistas do estado durante o veraneio. Além de mobilidade urbana, foram debatidas questões ligadas ao abastecimento de água e luz, bem como saneamento e balneabilidade.

“Para nós, o que interessa é que estamos perdendo vidas. Tanto numa rodovia, como numa via coletora, em uma de trânsito local. Está grave a situação”, explica o tenente-coronel Fábio Martins, da PMRv.

Veja abaixo os destaques da sabatina dos jornalistas da RBS com o inspetor do núcleo de Comunicação da PRF/SC, Carlos Possamai, e o tenente-coronel Fábio Martins. A íntegra dos blocos da entrevista, em vídeo, estão no final da reportagem.

Operação Verão
A operação de verão em rodovias federais que cruzam o estado ocorre a partir de 16 de dezembro e vai até 5 de março. Já a partir do dia 1º de janeiro, uma operação específica chamada Rodo Vida está prevista.

“Ela foca principalmente em reduzir a gravidade dos acidentes e seus custos para a sociedade”, explica o inspetor Possamai. A operação também vai focar em ultrapassagem indevida, excesso de velocidade e uso de cadeirinha para crianças.

Entre as mudanças previstas, está a determinação para que na BR-101, não sejam feitas obras nos trechos pedagiados durante períodos de festas. Também será avaliada a interdição de obras e reformas de outras rodovias, conforme as filas. “Notadamente a BR-101, na área pedagiada, é a que mais recebe número de veículos˜, complementa Possamai.

Hoje a imprudência nas nossas rodovias, a negligência, está virando uma regra”
 tenente-coronel da PMRv Fábio Martins

Também haverá remanejamento de escala para reforço, explica a Polícia Rodoviária Federal.

Conforme a PMRv, 20 policiais serão alocados para o litoral, principalmente Florianópolis, durante o verão. Entretanto, o fluxo também mudou. “As ocorrências vêm se mantendo no interior também no verão”, disse o representante a PMRv.

Segundo a PRF, para atender a demanda das rodovias federais, seria preciso um efetivo de 40 a 50% maior do que é o atual. “O efetivo é insuficiente, por isso a gente tenta suprir com novas tecnologias”, disse Possamai.

A PMRV também diz que usa  tecnologia para ampliar a fiscalização. Ao todo, são 486 policiais.

 

Fonte: G1


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.