Um levantamento da Telebrasil (Associação Brasileira de Telecomunicações) divulgado na última terça-feira, 17, informa que a banda larga de quarta geração passou a estar disponível em 1.158 municípios brasileiros.

Os dados se referem ao mês de novembro e revelam que a cobertura atual supera bastante a meta de expansão do setor, que deveria chegar ao fim daquele ano tendo conectado pelo menos 288 municípios ao 4G. No penúltimo mês de 2016, diz a Telebrasil, ocorreram 56,1 milhões de acessos por meio dessa tecnologia.

Embora a entidade destaque que 66,4% da população brasileira vivem nesses 1.158 municípios, o país conta com um total de 5.570 cidades, o que significa que a versão mais rápida da internet móvel está presente em apenas 20,78% do território nacional, deixando um buraco enorme na cobertura, já que o 4G não chega a quase 80% dos municípios do país.

O 3G, por sua vez, está presente em 4.949 municípios — ou seja, 88,85% do total —, nos quais estão concentrados 98% da população. Isso significa que mais de 11% das cidades não contam sequer com a internet móvel da geração passada.

A meta era que o 3G estivesse presente em 3.669 municípios até o fim de 2016, então o setor foi mais longe do que teria de ir. Mesmo assim, a Telebrasil chama a atenção para o fato de que o Brasil precisa de “políticas públicas ousadas e com uma abordagem contemporânea” para que a banda larga cresça de maneira acelerada. “Só assim seria possível ampliar o acesso aos serviços de telecomunicações, fundamentais para a retomada do crescimento sustentável do país.”

Fonte: Olhar Digital