Policial militar de folga é morto a tiros ao tentar recuperar caminhonete furtada, em Chapecó

Um policial militar de 44 anos foi morto a tiros na tarde de domingo (18) ao tentar recuperar a própria caminhonete furtada em Chapecó, no Oeste catarinense. Conforme a PM, dois são suspeitos do crime. Um morreu em conflito com a polícia e outro foi preso.

O caso foi registrado por volta das 15h30. Segundo a PM, o sargento Claudecir Barrionuevo estava almoçando na casa do irmão dele, no bairro São Cristóvão, quando notou que a S10, não estava mais no local que havia estacionado.

Em buscas pela região, usando o carro do irmão, encontraram os suspeitos dentro da caminhonete. Na perseguição, os criminosos perderam o controle da direção do veículo, bateram a caminhonete e fugiram a pé.

O sargento seguiu os homens a pé e viu os dois suspeitos roubarem outro carro, um Voyage, de uma família.

O sargento tentou fazer a prisão dos suspeitos, mas foi atingido por dois disparos, segundo a PM. Os bandidos ainda roubaram a arma do policial e fugiram com o Voyage.

Cerca de sete horas após o crime, policiais em busca encontraram os suspeitos. Um deles foi morto e outro foi preso em conflito. A PM diz que o homem morto tinha passagens por furto de carros, roubos e arrombamentos.

Segundo a PM, Claudecir Barrionuevo tinha 24 anos de carreira, casado e tinha três filhos. O velório ocorre na Igreja Renovar em Cristo, com culto previsto para esta segunda-feira (19), às 15h30. O sepultamento será às 17h, no Jardim do Éden.

Fonte: G1 SC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.