Conheça cinco eletrônicos que ajudam a deixar sua casa mais segura

Os aparelhos eletrônicos, além de tornarem a casa inteligente, integrando dispositivos para tornar a vida mais prática, são úteis quando o assunto é a proteção do lar. No mercado, estão disponíveis vários produtos voltados para a segurança, como sistema integrado de vigilância, câmeras que armazenam os filmes na nuvem, fechaduras smart, sensores de porta e janelas e até mesmo campainhas que permitem atender a visita à distância.

A seguir, o TechTudo traz uma lista com cinco aparelhos eletrônicos que ajudam a deixar a sua casa mais segura.

1. Câmera de segurança: ambiente externo

As câmeras de segurança para ambiente externo estão se tornando itens indispensáveis. Resistentes a diferentes condições climáticas, esses acessórios podem ser instaladas nos quintais e jardins, bem como na porta da casa ou do edifício. Atualmente, muitas dispensam o cabeamento pesado, conectam-se com o administrador via Wi-Fi e podem armazenar horas de vídeos na nuvem. Além disso, os dispositivos possuem integração com o celular por meio de aplicativos e geram alertas via e-mail, SMS ou pela própria aplicação.

No Brasil, há alguns modelos disponíveis, como o Netgear Arlo Pro, que faz gravações em HD (720p) em um ângulo de 130º, sem a necessidade de conectar por fios, além de ser super-resistente ao calor, frio, chuva ou neve. A câmera ainda conta com sensor de movimento, possibilidade de comunicação por áudio pelo smartphone e capacidade de guardar na nuvem, sem gastos, até sete dias de material filmado. Ela também oferece modo de visão noturna, integração via app e a possibilidade de disparar remotamente um alarme com mais de 100 decibéis, com o intuito de assustar os ladrões. O kit com duas câmeras pode ser encontrado com preço médio de R$ 2.200.

Netgear Arlo Pro é super-resistente a diferentes condições climáticas (Foto: Divulgação/Netgear)

Netgear Arlo Pro é super-resistente a diferentes condições climáticas (Foto: Divulgação/Netgear)

A Nest Cam Outdoor é outra opção que pode ser encontrada no país. Assim como a Arlo Pro, o acessório faz filmes em HD em um ângulo de 130º, suporta temperaturas entre -20ºC e 40ºC e também tem canal de áudio de entrada e saída. O dispositivo permite gravar até 30 dias de conteúdo na nuvem, mas, para isso, é necessário desembolsar até US$ 300 (cerca de R$ 990) por ano. Por ser ligada ao sistema de energia, o proprietário não precisa se preocupar com a bateria. A Nest Cam Outdoor pode ser adquirida por cerca de R$ 1.200.

A Nest Cam Outdoor permite gravar até 30 dias de filmagens na nuvem, mas para isso é necessário pagar (Foto: Divulgação/Nest)

A Nest Cam Outdoor permite gravar até 30 dias de filmagens na nuvem, mas para isso é necessário pagar (Foto: Divulgação/Nest)

2. Câmera de segurança: ambiente interno

O objetivo das câmeras internas, de um modo geral, é o mesmo das externas: monitoramento. No entanto, como esse acessório fica dentro de casa, não é necessário que seja tão resistente. Existem opções cada vez mais modernas, integradas a aplicativos de celular por Wi-Fi, e que disparam alertas no caso de movimentos suspeitos ou barulhos muito altos.

A Netatmo Welcome é uma das opções encontradas por aqui, com preço médio de R$ 1.900, para quem deseja manter o interior da casa sob vigilância. O dispositivo é pequeno e tem um diferencial interessante: sistema de reconhecimento facial. Ele é capaz de aprender as feições e nomes de quem frequenta o local e criar perfis personalizados para que todos possam acompanhar o que acontece pelo app. Com ângulo de visão de 130º, o aparelho tem visão noturna e armazena fotos e vídeos em cartão SD ou na nuvem, sem custo adicional.

Além de um design diferenciado, a Netatmo Welcome conta com sistema de reconhecimento facil (Foto: Reprodução/Netatmo)

Além de um design diferenciado, a Netatmo Welcome conta com sistema de reconhecimento facil (Foto: Reprodução/Netatmo)

A Logitech Circle também tem visão de até 135º e grava vídeos em HD. O acessório é capaz de filmar no escuro e possui sistema de envio de alertas inteligente. Além disso, ela oferece armazenamento gratuito na nuvem, integração com aplicação para celular e comunicação por áudio. O dispositivo pode ser encontrado por cerca de R$ 1.500 em lojas online, mas não está disponível na loja oficial da marca no Brasil.

Logitech Circle oferece armazenamento gratuito na nuvem (Foto: Divulgação/Logitech)

Logitech Circle oferece armazenamento gratuito na nuvem (Foto: Divulgação/Logitech)

3. Campainha inteligente

Campainhas e interfones inteligentes têm câmeras de alta qualidade, integração com apps para celular, streaming de vídeo, diálogo por áudio e, em alguns casos, sensor de movimento.

No Brasil, uma das opções disponíveis é a campainha Ring, que tem câmera HD, com um ângulo de visão de 180º e capacidade de gravar no escuro. O sensor de movimento liga a câmera, caso perceba alguma coisa, e envia um alerta para o usuário, pelo app para Android e iPhone (iOS). Os vídeos podem ser armazenados na nuvem, mas é necessário assinar um plano, que varia de US$ 3,00 (cerca de R$ 10) ao mês a US$ 30 (aproximadamente R$ 100) ao ano. O aparelho pode ser encontrado por valores a partir de R$1.400.

Campainha Ring tem câmera com ângulo de visão de 180º (Foto: Divulgação/Ring)

Campainha Ring tem câmera com ângulo de visão de 180º (Foto: Divulgação/Ring)

Outra opção é o August Doorbell Cam, que, de acordo com a fabricante, garante imagens coloridas em HD mesmo no escuro. Além disso, caso o usuário tenha um smart locker da mesma marca, o acessório permite que o proprietário abra a porta com segurança mesmo sem estar em casa. O dispositivo também conta com sensor de movimento, que pode ser ajustado para evitar falsos alertas (como, por exemplo, se um gato ou pássaro passar em frente à propriedade). A campainha também oferece um serviço opcional de armazenamento na nuvem e pode ser adquirida a partir de R$1.100.

De acordo com a fabricante, a August Doorbell Cam grava a cores e em HD mesmo em ambientes escuros (Foto: Divulgação/August)

De acordo com a fabricante, a August Doorbell Cam grava a cores e em HD mesmo em ambientes escuros (Foto: Divulgação/August)

4. Fechadura inteligente

Mais do que segurança, as fechaduras inteligentes garantem comodidade ao usuário. Com as smart locks, é possível abrir a porta remotamente por meio de um comando no smartphone (mesmo sem estar em casa) e distribuir cópias da “chave digital” para parentes e amigos que costumam frequentar o seu lar. Os modelos disponíveis no mercado variam entre os que se comunicam por Wi-Fi, Bluetooth ou Z-Wave e aqueles que permitem integração com outros dispositivos da casa (um exemplo é a ação de acender as lâmpadas inteligentes ao saber que a pessoa está entrando). Vale lembrar que, antes de comprar, é importante conferir o tipo de tranca com o qual o aparelho é compatível ou se é necessário trocar todo o miolo.

A Kevo Convert foi desenvolvida para substituir sem dificuldades a fechadura já existente. Depois da instalação, o usuário deve baixar o app, compatível com Android e iOS, que permite abrir e trancar a porta, enviar chaves digitais para quem quiser e receber notificações sobre quem entra e sai do local. Seu preço médio é de R$1.500.

Kevo Converte permite distribuir chaves digitais a parentes e amigos (Foto: Divulgação/Kwikset)

Kevo Converte permite distribuir chaves digitais a parentes e amigos (Foto: Divulgação/Kwikset)

Já Schlage Sense Smart Deadbolt é compatível com o Apple Home Kit e permite ao usuário abrir a porta de duas formas: ao digitar um código de acesso no visor touchscreen ou com o iPhone. Capaz de “conversar” com a Siri, essa fechadura permite entrar em casa apenas com um comando de voz. O dispositivo também possui um app para aparelhos Android e tem um alarme integrado, que dispara em caso de suspeita de tentativas de invasão. O dispositivo pode ser adquirido em sites estrangeiros pelo preço aproximado de R$ 1.025 mais a taxa de entrega.

O Schlage Sense Smart Deadbolt é integrado com o Apple HomeKit (Foto: Divulgação/Schlage)

O Schlage Sense Smart Deadbolt é integrado com o Apple HomeKit (Foto: Divulgação/Schlage)

5. Sensor de porta e janela

Esses dispositivos têm uma função simples, mas de grande importância para quem prioriza a segurança: detectar se portas e janelas forem abertas e alertar o usuário. Além disso, eles possuem um poderoso alarme que funciona como uma tentativa de intimidar e afugentar o possível invasor. Na maioria dos casos, é necessário ter um hub da marca do sensor para ter acesso aos recursos mais atraentes dos dispositivos.

O Gateway Xiaomi Smart Security é uma das opções disponíveis aqui no Brasil. O aparelho é composto por um kit completo, que, além dos sensores de porta e janelas, traz ainda sensores de temperatura, umidade e movimento, interruptor sem fio e soquete inteligente. A ideia da marca chinesa é, além de proteger a casa, torná-la integrada e smart. Com o acessório, o usuário recebe notificações de quando alguém entra na casa, podendo disparar o alarme mesmo à distância. Seu preço médio é de R$ 225.

Gateway Xiaomi Smart Security foi pensado para a casa inteligente (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Gateway Xiaomi Smart Security foi pensado para a casa inteligente (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Superdiscreto, o sensor de janelas e portas da Panasonic também oferece facilidades como integração com app para smartphone. No entanto, assim como o dispositivo da Xiaomi, ele foi pensado para ser integrado em um contexto de casa inteligente. Assim, é necessário adquirir um hub da marca e outros itens para usufruir de todas as funções possíveis. À venda em sites internacionais, o Wireless Window/Door Sensor custa US$ 40 (cerca de R$ 133, em conversão direta, sem impostos) mais taxas de entrega.

Sensor da Panasonic necessita de um hub da marca para funcionar (Foto: Divulgação/ Panasonic)

Sensor da Panasonic necessita de um hub da marca para funcionar (Foto: Divulgação/ Panasonic)

Fonte: Tech Tudo


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.