“Não contavam com minha astúcia”: ação policial mira ladrões que usam “chapolin” para furtar veículos

A Polícia Civil de Santa Catarina, com o apoio da Polícia Militar, deflagrou na manhã desta sexta-feira a operação “Não contavam com minha astúcia”.  O objetivo é combater furtos ocorridos em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. Os crimes são praticados com objetos eletrônicos conhecidos como “chapolin”, que bloqueiam o sinal do controle de alarmes de carros e impedem que as travas sejam acionadas, deixando os veículos vulneráveis.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão, que resultaram no encontro dos referidos aparelhos, bem como na localização  de celulares, relógios de alto valor e papel moeda estrangeiro, possivelmente furtados.

Nos últimos meses foram registrados diversos furtos praticados nesse “modus operandi” na região de Santo Amaro da Imperatriz, principalmente em estacionamentos de comércios. Os trabalhos investigativos da Polícia Civil, com base nas informações prestadas pelo serviço de inteligência da Polícia Militar, desvendaram praticamente todos os delitos, inclusive com identificação de diferentes autores.

As diligências agora se voltam para a tentativa de recuperação dos objetos furtados. Os inquéritos policiais devem ser concluídos nos próximos dias.

 

Fonte: DC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.