Mistério em Aparecida: morador de Lindóia aparece em fotografia sem estar presente no Santuário

Uma fotografia datada de 2006 no Santuário de Aparecida tem causado mistério em Lindóia do Sul. O caso envolve uma família do município que viajou até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo, e fez o registro fotográfico para guardar de recordação. Alguns anos depois, a surpresa: na foto aparece a imagem de um integrante da família Mello que não estava junto na viagem.

Segundo as informações, Regina Mello viajou com o filho Luciano para cumprir uma promessa no Santuário de Aparecida. O outro filho, Adriano, queria ter viajado junto, mas por conta do trabalho não conseguiu. O então prefeito da época, Adierson Bussolaro, foi quem fez o registro de mãe e filho em frente a imagem de Nossa Senhora. E na volta a Lindóia, mandou revelar em um estúdio local, sendo que a foto foi entregue à família.

A recordação foi colocada dentro de uma bíblia para que fosse feito um quadro futuramente. Há algumas semanas, a imagem foi retirada de dentro do livro sagrado e causou um certo espanto. Na frente, aparece Regina e Luciano. E no verso, apareceu a imagem de Adriano. Em busca de explicação, familiares foram até o estúdio fotográfico onde a foto foi revelada, mas o proprietário disse não ter uma resposta. A imagem está perfeita e não teve contato com nenhuma outra foto, o que deixa o caso ainda mais misterioso.

O parapsicólogo Fernando Salvino, de Florianópolis, acredita que em duas hipóteses. Se no momento em que a foto foi tirada Adriano estivesse dormindo, pode ter ocorrido uma espécie de “projeção da consciência para fora do corpo”. Que é a inteligência da pessoa desocupando a estrutura do corpo físico e se deslocando para onde a família estava. A outra hipótese, no caso de Adriano estar acordado no momento da foto, pode ter ocorrido o que na parapsicologia é chamado de “bilocação”. Se ele estivesse muito motivado a estar presente na viagem, ele pode aparecer em dois lugares simultaneamente, destaca Salvino.

Adriano, em contato com o jornalismo da Atual FM, acredita que se trata de uma espécie de milagre. Ele disse que tinha muita vontade de conhecer o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, mas não conseguiu na época em função da atividade profissional que exercia. Por conta disso, ele acredita que esse acontecimento seja algum sinal divino.

Fonte: Atual FM


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.