Mais que 11: Eduardo destaca mérito coletivo após série de lesões na Chape

Se por um lado Gilson Kleina tem muitas baixas por conta das lesões, por outro tem encontrado boas peças de reposição entre os reservas. Bom exemplo é o setor defensivo, que vem atuando com uma formação diferente da considerada titular.

Vinicius Freitas, Nery Bareiro, Rafael Thyere e Eduardo iniciaram a temporada como suplentes, mas ganharam posição em função de baixas dos companheiros para o DM. Em campo, conseguiram manter a boa fase defensiva do Verdão, que até o momento sofreu apenas dois gols no Campeonato Catarinense.

– Isso é a prova de que nosso grupo é muito forte, quem entra dá conta do recado. O ano é longo, são muitas competições, e é importante ter o grupo forte. Estamos nos fortalecendo a cada dia, a cada treino. O professor sempre frisa que vamos precisar de todos e tem que estar pronto. Assim tem sido – disse o lateral-direito Eduardo.

Titular após o desfalque de Apodi, Eduardo disse que não esperava ganhar a vaga com a lesão de um companheiro. Por outro lado, garante estar pronto para aproveitar a oportunidade. Contra o Joinville, na última rodada, teve atuação na vitória que manteve a Chape na liderança do estadual.

– Não é dessa forma que queria, por lesão. O Apodi vinha bem, atuando de forma espetacular e eu tinha que esperar minha chance. Chegou a hora, estou pronto para representar na lateral e ajudar meus companheiros – finalizou.

O Verdão ainda tem três dias de trabalho antes do jogo contra o Tubarão, pela 14ª rodada do estadual, no domingo, às 16h. Foi justamente o Peixe um dos times que balançou as redes da Chape na competição.

Fonte: GE


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.