Libertadores 2017: saiba o que cada brasileiro vai encontrar pela frente

ATLÉTICO-MG
Único campeão do grupo 6, o Galo é a principal força de sua chave e deve ter um destino pouco complicado nesta fase da competição. Os adversários Libertad-PAR, Godoy Cruz-ARG e Sport Boys-BOL são inéditos para a equipe mineira na competição, e o time paraguaio é quem pode fazer frente.

ATLÉTICO-PR
Em sua quinta Libertadores, o Furacão terá de passar por duas fases antes de chegar ao grupo 4, mesmo do Flamengo. Na largada, terá como rival o Millonarios-COL, clube que tem 15 participações e quatro semifinais no currículo. Além da tradição, a equipe tem a altitude como aliada.

BOTAFOGO
Assim como o Atlético-PR, o Botafogo também entra na segunda fase da competição. Terá pela frente o Colo-Colo-CHI, carrasco da equipe carioca na semifinal de 1973, melhor campanha alvinegra em uma Libertadores. O time chileno conta com seu caldeirão e um “vovô” artilheiro para ser pedra no sapato na missão rumo ao grupo 1.

CHAPECOENSE
Estreante e em busca de reestruturação de seu elenco, a Chape já conhece todos os adversários no grupo 7. Serão duas pedreiras – Lanús-ARG e Nacional-URU – e outro time em sua primeira participação: o incógnita Zulia, da Venezuela.

FLAMENGO
O Rubro-Negro carioca não terá vida fácil no grupo 4. Com dois rivais conhecidos, terá pela frente os embalados San Lorenzo-ARG e Universidad Catolica-CHI. Como lado positivo, a logística mais tranquila por conta de viagens curtas.

GRÊMIO
Com todos os adversários definidos no grupo 8, o Tricolor gaúcho é, sem dúvida, o mais tradicional da chave. Pela frente, terá o emergente Deportes Iquique-CHI, o experiente time do Guaraní-PAR e o embalado Zamora-VEN.

PALMEIRAS
No grupo 5, o Verdão conhece apenas dois de seus adversários. A equipe voltará ao Uruguai – onde realizou pré-temporada este ano – para enfrentar o Peñarol e terá também pela frente o Jorge Wilstermann-BOL e a “pouca” altitude (comparada a La Paz e Potosí) de Cochabamba.

SANTOS
O Peixe terá pela frente dois atuais campeões nacionais no grupo 2: Indepediente Santa Fé, da Colômbia, e Sporting Cristal, do Peru. Com o terceiro rival indefinido, a torcida será para fugir de grandes altitudes – o The Strongest, da Bolívia, é um possível adversário.

 

Fonte: Globo Esporte


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.