Homem é preso após agredir mulher e incendiar casa em Arabutã

m homem de 54 anos foi preso após agredir a mulher de 52 anos e incendiar a casa na noite de quarta-feira (20) em Arabutã, no Oeste catarinense. Os bombeiros levaram quatro horas para conseguir controlar as chamas.

A mulher teve lesões leves e foi encaminhada ao hospital da cidade e foi liberada em seguida, conforme o hospital. Os bombeiros, a unidade de saúde e a polícia não detalharam nesta quinta-feira se ela sofreu ferimentos por causa da agressão ou por queimaduras.

Moradores relataram aos bombeiros que o incêndio teria começado após o homem e a mulher se desentenderem. Ele teria a agredido e ateado fogo na casa em um dos quartos.

Os brigadistas ficaram quatro horas na residência e usaram 15 mil litros de água para combater o incêndio, que destruiu cerca de 70 metros quadrados da casa.

A mulher teve lesões leves e foi encaminhada ao hospital da cidade e foi liberada em seguida, conforme o hospital. Os bombeiros, a unidade de saúde e a polícia não detalharam nesta quinta-feira (21) se ela sofreu ferimentos por causa da agressão ou por queimaduras.

O homem não se feriu, conforme os bombeiros. Ele foi conduzido para a delegacia de Concórdia, preso em flagrante por tentativa de homicídio e encaminhado ao presídio, segundo a Polícia Civil, que não informou detalhes sobre o caso.

Fonte: G1


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.