Grêmio reserva sente “falta de ritmo”, mas vê empate de “bom tamanho”

A atuação deixou a desejar, mas o resultado ficou de bom tamanho. Assim os jogadores do Grêmio avaliaram o empate em 0 a 0 com o Figueirense na noite deste sábado, em Florianópolis, pela 33ª rodada do Brasileirão.

Com os titulares poupados para as semifinais da Copa do Brasil, o Grêmio parecia desinteressado em campo. Os garotos, porém, conseguiram controlar bem o ímpeto do time catarinense em luta contra a degola e pouco sofreram ao longo da partida.

– A gente veio em busca da vitória, sabíamos da dificuldade. Não conseguimos os três pontos, mas valeu o empenho, o empate está de bom tamanho – avaliou o volante Jaílson.
Para Everton, a falta de ritmo de alguns jogadores do time alternativo foi determinante. Mesmo assim, o atacante salientou as chances desperdiçadas no final do jogo – Batista e Lincoln perderam situações claras de gol, o primeiro em lance com grande defesa de Gatito Fernández.

– Alguns não estão em ritmo de jogo e isso pesou um pouco. Até poderíamos ter ganho o jogo ali no final, mas não temos o que lamentar, é um bom empate fora fora de casa – afirmou.

 

Fonte: Globo Esporte

http://globoesporte.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/2016/10/gremio-reserva-sente-falta-de-ritmo-mas-ve-empate-de-bom-tamanho.html


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.