Grêmio aguarda até 18h para saber se poderá viajar a Chapecó. Cresce chance de adiamento do jogo

*ATUALIZADA: o voo que levaria a delegação do Grêmio a Chapecó foi cancelado. Saiba mais informações aqui.

O Grêmio irá aguardar até 18h para saber se terá condições de embarcar para Chapecó. Esse prazo foi combinado com a CBF para uma definição sobre o adiamento ou não do jogo contra a Chapecoense, nesta quarta (7), às 21h45min, pelo Brasileirão.

Por questões de segurança, o clube já decidiu que a viagem não será feita via rodoviária, em razão das más condições da estrada.

— A CBF nos pediu todo o esforço para viaja. Mas a Azul (empresa que fará o voo fretado) nos informou que, neste momento, não há teto em Chapecó — informa o presidente Romildo Bolzan Júnior.

O dirigente disse ter sido informado de que as condições não deverão melhorar nas próximas horas.

— A CBF reconhece os riscos. Há previsão de tempestade, trovoada e neblina — completa Bolzan.

Internamente, o Grêmio já admite que o jogo deverá ser adiado para quinta-feira (8). Faltaria apenas combinar com a Chapecoense, que enfrenta a Ponte Preta domingo, em Campinas.

Pelas más condições climáticas, o aeroporto Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó, está fechado desde segunda-feira, o que inviabiliza a viagem de avião até a cidade catarinense.

Um veículo de apoio do clube sofreu acidente na manhã desta terça-feira no caminho a Chapecó, mas nenhum dos quatro passageiros se feriu.

A própria delegação da Chapecoense já foi prejudicada pelo fechamento do aeroporto. Ao retornar de Belo Horizonte, onde venceu o Cruzeiro neste domingo, a equipe não conseguiu pousar em Chapecó na tarde de segunda-feira e teve de dormir em Campinas.

Até o meio-dia desta terça-feira, a delegação da Chapecoense ainda aguardava o embarque na cidade paulista. O voo, que deveria descer em Passo Fundo, está seguindo para Porto Alegre.

Mau tempo em Chapecó ocasionou o fechamento do aeroporto Serafim Enoss Bertaso  Foto: Leonardo Acosta

ZHESPORTES


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.