Faltando 10 dias para o início do Catarinense, veja como cada time está se preparando

Os cinco grandes do futebol catarinense começam 2017 em situações distintas. Enquanto a Chapecoense busca se reconstruir depois da tragédia aérea na Colômbia, o Figueirense reformulou todo o seu elenco após o rebaixamento para a Série B. Avaí e Criciúma mantiveram uma boa base do ano anterior, e o Joinville junta os cacos depois do segundo rebaixamento seguido.

Nesse contexto, fica difícil até para os comentaristas preverem como será o ano. Segundo o colunista Rodrigo Faraco, do Grupo RBS, a edição de 2017 do Catarinense será a mais aberta dos últimos anos. Ele diz que o quadro estava desenhado, com um favoritismo latente da Chape até a queda do avião do LaMia. Com a tragédia, tudo ficou no ar. Faraco coloca Avaí, Figueirense, Chapecoense e Criciúma como principais favoritos.

— Gostei das contratações do Figueirense, com um time mais equilibrado que o do ano passado. A Chape também contratou bem, mesclando jovens e jogadores experientes. Já o Avaí é um que pode sair na frente, assim como o Criciúma por ter mantido o seu conjunto, o que é bom — diz Faraco, fazendo a ressalva que tanto o Leão quanto o Tigre não fizeram grandes contratações.

Em relação ao JEC, o colunista diz que o time está em outra realidade, inferior até mesmo no nível das contratações, e pode ter dificuldades ao longo do ano. Em meio a tudo isso, os clubes de elite catarinenses terão ao menos quatro competições durante a temporada: Estadual, Primeira Liga, Copa do Brasil e Brasileiro. No caso da Chape, adicione-se ainda a Copa Libertadores, Recopa e Copa Suruga.

CHAPECOENSE

Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Time-base: Elias; Zeballos, Grolli, Fabricio Bruno e Reinaldo; Amaral, Andrei Girotto e Dodô (Nenén ou Martinuccio); Niltinho, Rossi e Wellington Paulista.

Preparação: O único amistoso preparatório da pré-temporada será realizado no dia 21, diante do Palmeiras, na Arena Condá. A expectativa é de estádio lotado para o primeiro jogo do time principal da Chape depois da tragédia na Colômbia. Os garotos da base também farão um amistoso contra o River Plate do Equador, em Guaiaquil.

Estreia: Joga no dia 25 contra o Joinville, na Arena Condá, pela Primeira Liga. No estadual, a primeira partida é diante do Inter de Lages, também em Chapecó, no dia 29.

O que mudou em relação a 2016: Todo o time titular morreu no acidente aéreo na Colômbia, no final de novembro. A maior parte dos jogadores que compõe o elenco 2017 da Chape veio emprestada ou foi contratada para a temporada. Entre os remanescentes que podem começar o ano jogando, destaque para Martinuccio.

AVAÍ

Foto: André Palma Ribeiro / Avaí

Time-base: Kozlinski (Douglas), Alemão (Leandro Silva), Gustavo Schiavoni, Betão e Capa; Judson, Luan, Diego Jardel e Marquinhos; Romulo e Denilson (Marcelinho).

Preparação: O Avaí já fez dois jogos-treino. O primeiro deles foi contra o sub-17 do próprio Leão e terminou 3 a 0 para os profissionais. O segundo jogo foi ontem, com o resultado de 1 a 0 para o Avaí diante do Barroso. O Avaí ainda vai enfrentar o Rio Branco, em Paranaguá, no dia 21.

Estreia: Na Primeira Liga, será contra o Paraná, em Curitiba, no dia 25. No Campeonato Catarinense, o primeiro desafio é diante do Criciúma, fora de casa, no dia 28.

O que mudou em relação a 2016: O Avaí perdeu alguns titulares, como o goleiro Renan, Fábio Sanches, João Filipe e Renato, mas manteve boa parte do elenco que subiu à Série A, entre eles o técnico Claudinei Oliveira. Dos que chegaram até agora, destaque para Gustavo, Leandro Silva e o atacante Marcelinho.

FIGUEIRENSE

Foto: Luiz Henrique / ffc

Time-base: Luiz Carlos; Weldinho, Bruno Alves (Henrique), Dirceu (Leandro Almeida) e Marlon; Juliano, Hélder, Everton e Matheus; Elias (Anderson Aquino) e Bill (Zé Love).

Preparação: O Figueirense venceu o Inter de Lages por 4 a 2 no primeiro jogo-treino do ano e hoje enfrenta o Rio Branco, de Paranaguá. Assim como ocorreu contra o Inter, o técnico Marquinhos Santos deve colocar dois times diferentes nas duas etapas da partida. A expectativa agora fica pela estreia do atacante Zé Love, anunciado na segunda-feira.

Estreia: O Alvinegro fará seu primeiro jogo oficial da temporada no dia 25, no Scarpelli, diante do Londrina, pela Primeira Liga. No Catarinense, a estreia será contra o Brusque, dia 28.

O que mudou em relação a 2016: A reformulação do elenco do Figueirense foi quase integral. Dos remanescentes que disputaram a Série A, somente os zagueiros Bruno Alves e Marquinhos lutarão por vaga no time titular. Marquinhos, aliás, sofreu uma lesão e só deve voltar aos gramados no meio do Catarinense.

CRICIÚMA

Foto: Fernando Ribeiro / Divulgação

Time-base: Luiz, Maicon Silva, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Douglas Moreira e Alex Maranhão; Pimentinha, Adalgiso Pitbull e Jheimy.

Preparação: Faz jogo-treino contra o Caxias hoje, às 16h, no Centro de Treinamento no bairro Cristo Redentor. Esse vai ser o único jogo preparatório antes do início da temporada. O técnico Deivid terá poucas chances para dar a sua cara à equipe, mas o entrosamento não deve ser problema, já que boa parte do time já está entrosado.

Estreia: O Criciúma estreia na Primeira Liga dia 24 contra o Fluminense, no Estádio Mario Helênio, em Juiz de Fora. No dia 28, sábado, abre o Catarinense às 17h contra o Avaí, no Heriberto Hülse.

O que mudou em relação a 2016: Do time que atuou como titular na maior parte do ano passado, ficaram Luiz, Raphael Silva, Diego Giaretta, Marlon, Barreto e Douglas Moreira. Alex Maranhão, Pitbull e Jheimy jogaram algumas partidas como titulares do Criciúma, e continuam no elenco tricolor.

JOINVILLE

Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Time-base: Jhonatan; Caíque, Danrlei, Max e Fernandinho; Luiz Meneses, Kadu, Juninho, Lúcio Flávio e Fabinho Alves; Ciro

Preparação: O Tricolor do Norte fez um jogo-treino, no sábado passado, contra o Paraná. Empatou por 1 a 1. Hoje, vai repetir o teste contra o mesmo adversário, em Quatro Barras (PR). Será a última atividade antes dos jogos oficiais. A tendência é que o técnico Fabinho Santos repita a equipe para dar entrosamento ao grupo.

Estreia: Será na Primeira Liga, no dia 26,  contra a Chapecoense, na Arena Condá. No dia 29 de janeiro, em Itajaí, começa o Catarinense contra o Barroso. O jogo será no Estádio Camilo Mussi.

O que mudou em relação a 2016: Do time considerado titular do Joinville nesta temporada, cinco são remanescentes de 2016: o goleiro Jhonatan, o zagueiro Danrlei, o lateral Fernandinho, o volante Kadu e o meia-atacante Juninho. Os demais foram contratados. Um foi promovido da base: Luiz Meneses.

 

Fonte: Diário Catarinense


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.