Em SC, 17 cidades são notificadas para evitar gastos com carnaval

Em Santa Catarina, 17 municípios receberam uma notificação do Ministério Público de Contas (MPTC) para evitar gastar dinheiro público com o carnaval. O órgão quer que os prefeitos analisem a situação financeira das prefeituras. Desfiles foram cancelados em pelo menos cinco cidades.

O MPTC recomenda que a prefeitura que estiver enfrentando qualquer tipo de dificuldade financeira evite gastar com o carnaval.

“Não se está aqui o Ministério Público de Contas proibindo a realização do carnaval. Não é isso. Nós queremos que cada gestor analise a situação financeira do município e verifique se existe realmente ou não possibilidade de gastar com o carnaval”, explicou a procuradora Cibelly Farias Caleffi.

Escolha de cada prefeitura
Em Florianópolis, um dos municípios que recebeu a notificação, a prefeitura já havia anunciado em dezembro que não iria investir no carnaval. Mesmo assim, o desfile vai ocorrer porque a liga das escolas conseguiu parte do dinheiro com patrocínio.

Já Itá, no Oeste catarinense, a decisão da prefeitura foi bem diferente. A cidade de 6,3 mil habitantes vai investir quase R$ 500 mil na festa.

O secretário de Turismo de Itá, Adriano Stadtlober, disse que o investimento vale a pena. “A gente movimenta hotéis, movimenta pousadas, farmácias, supermercados. Com certeza, traz retorno para o município”.


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.