Em dois meses, Chape recebeu menos de R$ 1 mi para famílias de vitimas

A Chapecoense divulgou, nesta sexta-feira, através de nota em seu site oficial, os valores que recebeu até agora de doações e também da arrecadação do amistoso contra o Palmeiras. Os valores serão repassados aos familiares dos mortos no acidente com o avião da LaMia, em novembro do ano passado. O dinheiro que já está em posse do clube é inferior a 1 milhão de reais. Instituição ainda aguarda o repasse de outros eventos, como do “jogo da amizade”, disputado entre Brasil e Colômbia, em janeiro.

Após a tragédia com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, muito se especulou sobre as doações de dinheiro que seriam feitas ao clube. Pouco mais de dois meses depois da tragédia, chegou até a instituição o montante de R$ 961.563,98. O maior valor arrecadado pelo clube foi no amistoso contra o Palmeiras: R$ 641.116,46.

 A Associação Chapecoense de Futebol vem a público para esclarecer – além de agradecer – os valores que já foram recebidos advindos de ações beneficentes em prol da Chapecoense e familiares de vítimas, e doações ao clube.
diz nota oficial

Além da renda do jogo contra o Palmeiras, a Chapecoense já recebeu valores do evento “Lance de Craque”, promovido pelo meia D’alessandro, a renda de Sport e Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro 2016 e recursos proveniente dos julgamentos de dezembro do STJD. O clube também recebeu doação da Flórida Cup, da Fundação Casper Líbero e uma série de valores menores, que no montante final chegam a R$48.083,49.

O Verdão do Oeste ainda aguarda o repasse da renda do amistoso entre Brasil e Colômbia, realizado em janeiro no Engenhão e do ‘“jogo das estrelas” promovido por Zico. Outro valor que deve entrar nos cofres do clube é proveniente das empresas que estiveram envolvidas no amistoso da Seleção. Neste último caso, ainda não foi definido o percentual que será repassado às famílias.

Confira a Nota da Chapecoense na íntegra:

“A Associação Chapecoense de Futebol vem a público para esclarecer – além de agradecer – os valores que já foram recebidos advindos de ações beneficentes em prol da Chapecoense e familiares de vítimas, e doações ao clube. Através do Presidente do Conselho Deliberativo, Gilson Vivian, do Vice-Presidente Administrativo, Ivan Tozzo, e o Diretor Financeiro, Roberto Merlo, num ato de transparência, apresentaram as quantias arrecadadas.

O total de arrecadações foi de R$ 961.563,98, sendo:

– Da partida amistosa entre Chapecoense x Palmeiras, realizada no dia 21 de janeiro, o valor repassado às famílias será de R$ 641.116,46;
– Sport x Figueirense, pelo Brasileirão de 2016, R$ 96.840,00 foram arrecadados.;
– “Lance de Craque”, promovido por D’alessandro, R$ 41.724,03;
– Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que destinou à Chape os valores arrecadados dos julgamentos realizados no mês de dezembro, foram R$ 36.500,00;
– Do Torneio Florida Cup, R$ 93.300,00;
– Fundação Casper Líbero, R$ 4.000,00;
– Por fim, de valores diversos, o clube recebeu R$ 48.083,49.

Além desses valores, que já foram repassados ao clube, há benefícios que foram confirmados, mas ainda não estão em posse da Chapecoense.

– Renda advinda do “Jogo das Estrelas”, promovido por Zico em 28 de dezembro de 2016;
– Renda do “Jogo da Amizade”, disputado entre Brasil e Colômbia no dia 25 de janeiro de 2017;
– Doações de empresas, também no jogo Brasil x Colômbia – questão que ainda está aberta no que tange o percentual que será repassado às famílias.“

 

Fonte: Globo Esporte


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.