Dicas para manter sua casa segura durante as férias

Todo cuidado é importante na hora de deixar sua casa para sair em viagem. Segundo dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública, entre 2013 e 2016, foram registrados 3545 roubos em residências, sendo que a maioria deles cometida em períodos de férias.

Apesar do alarmante número, o Tenente-coronel Alessandro Marques, do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Florianópolis, garante que algumas ações do morador podem evitar que sua casa seja alvo de criminosos.

– Nós validamos uma série de dicas para manter a residência segura em longos períodos de ausência. A mais importante delas é manter a sensação de movimento na casa, não deixar aparentar que ela está desocupada, explica.

Outro ponto importante levantado por ele é ter cautela com o que se compartilha nas redes sociais.

– Muitas vezes postamos informações valiosas sem pensar em quem pode estar nos monitorando. Assim, sem querer, informamos bandidos que estamos longe e nossa casa está vazia. Portanto, é importante atenção no que se divulga nas redes sociais, e é bom orientar nossos filhos para terem o mesmo cuidado.

Confira outras dicas da Polícia Militar para garantir a segurança da sua casa durante sua viagem:

– Suspenda o recebimento de jornais, revistas, contas de luz ou faturas de cartão no período em que estará fora. O acúmulo de correspondências é um indicativo de que a casa está desocupada

– Se tiver jardim, converse com algum parente ou seu jardineiro para que o apare durante a sua viagem

– Também retire do jardim adornos que possam ser usados para forçar maçanetas ou quebrar janelas ou grades de proteção

– Caso sua garagem tenha motor elétrico, deixe-o no modo manual. Isso porque é comum o hackeamento da codificação de controles remotos

– Diminua o som da campainha e até mesmo do telefone fixo. Isso dificultará que bandidos descubram que não há ninguém em casa

– Tranque todas as portas internas da casa, dificultando a passagem entre cômodos

– Evite comentar sobre sua viagem perto de estranhos.

Soluções tecnológicas garantem ainda mais segurança

Antigamente, a recomendação era deixar ao menos uma luz acesa para passar a sensação de que há pessoas em casa. Mas para o Tenente-coronel Alessandro, essa prática já está manjada pelos marginais.

– Há algum tempo, a polícia indicava que se deixasse uma luz, principalmente externa, acesa durante toda a ausência do morador. Isso já não funciona, já não representa um impeditivo para o bandido.

O PM sugere o uso de sensores de luz com timer, tanto para a área externa quanto para alguns cômodos – isso confunde o marginal que está de olho na residência – explica.

Os investimentos em soluções de segurança e monitoramento de residências são um grande aliado na prevenção de arrombamentos. Algumas soluções disponíveis no mercado permitem monitorar sua residência à distância, inclusive pelo celular.

A Orsegups, por exemplo, oferece a integração dessas soluções de segurança com base em uma análise prévia de riscos. Assim, o morador tem a certeza de que não há brechas para que sua casa seja invadida e mesmo que alguma irregularidade aconteça enquanto ele estiver longe, agentes táticos da empresa verificarão a residência.

Fonte: Diário Catarinense


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.