Derrota em casa para o Flamengo complica a Chapecoense

Antes do jogo entre Chapecoense e Flamengo, que terminou com vitória carioca por 1 a 0, neste domingo, na Arena Condá, foi assinado um convênio de R$ 16 milhões para melhorias da Arena Condá. O dinheiro é do Ministério dos Esportes, com contrapartida de R$ 400 mil da Prefeitura. Mas resta saber se a torcida vai poder usufruir esse conforto na Série A do Campeonato Brasileiro. É que a derrota em casa para o Flamengo deixa o time catarinense muito próximo da zona de rebaixamento. Isso que o goleiro Jandrei defendeu um pênalti, (mal) cobrado por Everton Ribeiro.

Desde agosto 2014 a Chapecoense não vence o Flamengo. Foi a única vitória em dez confrontos.

A partida começou equilibrada. O Flamengo, com maior qualidade técnica e a Chapecoense tentando equilibrar com muita disposição e contando com o fator local.

Reinaldo fez boa jogada pela esquerda mas chutou por cima. O Flamengo teve boa chance em cobrança de falta de Diego, mas a bola foi fraca e facilitou a defesa de Jandrei. Everton Ribeiro teve outra boa chance de dentro da área, tentou colocar no ângulo mas a bola subiu muito.

No início do segundo tempo a Chapecoense teve uma boa chance com Túlio de Melo, de cabeça, mas Diego Alves fez boa defesa. O goleiro do Flamengo também fez boa defesa em chute de Reinaldo.

O Flamengo seguiu levando perigo. Diego recebeu na área, tirou Jandrei mas errou na hora do cruzamento. Guerreiro também errou o alvo em cobrança de falta. Mas acertou a mão de Douglas dentro da área, em outra finalização.

Pênalti que Everton Ribeiro cobrou e Jandrei defendeu. Mas a alegria da torcida da Chapecoense durou pouco.

Aos 34 minutos Diego fez o gol do time visitante. A Chapecoense não teve força para reagir. A principal chance foi um chute de Apodi, na rede, pelo lado de fora.

O próximo confronto é fora de casa, na quinta-feira, contra o Atlético-MG. A Chapecoense está com 32 pontos, mesmo número que a Ponte Preta, que é o primeiro dentro do Z4. A vantagem do time catarinense é no número de vitórias, nove contra oito do time paulista. Nas últimas dez rodadas precisa pelo menos mais 13 para escapar do rebaixamento.

Ficha técnica
Chapecoense-0: Jandrei, Apodi, Fabrício Bruno, Douglas e Reinaldo; Elicarlos (Lucas Marques), Lucas Mineiro e Canteros; Wellington Paulista, Arthur Caike (Rodrigo) e Túlio de Melo (Penilla). Técnico: Emerson Cris. Técnico: Emerson Cris.
Flamengo-1: Diego Alves, Pará, Juan, Rever e Trauco; William Arão, Cuéllar, Diego (Gabriel) e Éverton Ribeiro (Romulo); Everton (Berrío) e Guerrero. Técnico: Reinaldo Rueda. Técnico: Reinaldo Rueda.

Gol: Diego (F), aos 34 minutos do segundo tempo.
Arbitragem: Dewson da Silva, auxiliado por Hélcio Neves e José Coimbra (trio do PA)
Cartões amarelos: Elicarlos, Arthur Caike (C); Berrío (F)
Local: Arena Condá, em Chapecó

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.