Confira dicas de presentes do Dia dos Namorados para quem deixou para a última hora

Aquela tradicional deprê pós-domingo vai sair de cena e abrir espaço para o romantismo. Na próxima segunda-feira, dia 12, os casais apaixonados vão deixar de lado a dureza do início de mais uma semana de trabalho (pelo menos depois do expediente) para comemorar o Dia dos Namorados, data em que as novas paqueras também podem aproveitar para ganhar mais intimidade.

Para celebrar o dia vale tudo, exceto esquecer o presente do “mozão”. Ao menos é o que diz a vendedora de uma loja de chocolates no Centro de Florianópolis, Júlia Silveira, de 25 anos. Aproveitando o desconto que a loja oferece aos funcionários, Júlia vai montar uma cesta de doces para o namorado Igor. Ai dele se não retribuir!

— Se ele não me der presente, vai complicar para o lado dele. Fiz uma listinha com sugestões de livros que ele pode me dar, mas se ele me der um chocolatinho junto vai ser mais interessante — brincou.

Júlia conta que as vendas ainda estão devagar, principalmente porque a maioria dos clientes nesta época do ano são os homens — campeões em deixar as compras para a última hora, segundo ela. Nesta quarta-feira, a reportagem da Hora foi às ruas do Centro da capital para conferir o movimento no comércio e viu de perto que a maioria das pessoas em busca do presente de Dia dos Namorados era mulher.

— Ainda não sei o que vou dar para o Guilherme, meu namorado, por isso já vim procurar. Pretendo gastar até R$ 100 e espero encontrar algo “2 em 1”: que seja uma lembrança, mas que também tenha utilidade para o dia a dia — contou a estudante Ariane Nunes, de 21 anos.

O valor que Ariane pretende gastar é expressivo, mas está abaixo da projeção da Fecomércio-SC. De acordo com levantamento da entidade, os catarinenses estão dispostos a desembolsar R$ 175 com o presente de Dia dos Namorados, sendo que em Florianópolis a expectativa é de gasto médio de R$ 213.

Ariane Nunes Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

Criatividade para economizar

Só que pouca gente pode gastar R$ 200 com um presente, principalmente depois de pagar as contas e calcular o quanto sobrou para passar o resto do mês. Para não fazer feio com o amor da sua vida, o jeito é apostar na criatividade.

Rosana Ferreira, de 48 anos, recebeu uma missão da filha que não podia deixar o trabalho para procurar presentes: encontrar e comprar um porta-retrato por R$ 10. A ideia é dar uma lembrança para o namorado, já que o presente mesmo vai ficar por conta da noite especial que ela está preparando.

— A minha filha já está vendo as outras coisas. Vai comprar balão em forma de coração, velas, vinhos e prepara um bom jantar. O porta-retrato é só uma lembrança, porque o presente dela vai ser uma noite romântica — contou Rosana.

Quem também apostou na criatividade foi Marisa Souza, de 31 anos. Com R$ 80, ela conta que passou um pouco do orçamento planejado, mas ficou feliz por ter montado uma cesta com quitutes, uma boa garrafa de vinho e chocolates para a sobremesa. Agora, espera a contrapartida do marido Conrado.

— Poderia ter gastado um pouco menos, mas a cesta ficou linda. Vamos ver se ele me dá a massagem ou uma tarde numa clínica de estética, que foi a dica que dei para ele — disse Marisa.

Elisiana Tedesco Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

Clássicos não envelhecem

Se por um lado a criatividade pode ser um jeito de encontrar presentes bons e baratos, apostar em clássicos, como perfumes e flores, tem maior garantia de sucesso com a queridona ou o queridão. A técnica em enfermagem Elisiana Tedesco, de 30 anos, aproveitou a quarta-feira para pesquisar o preço de perfumes para o namorado Tancredo.

— Acabamos de reatar o namoro, ainda não sei se ele merece um presente. Mesmo assim, é bom vir dar uma olhada nos preços para ter uma ideia. Acho que um perfume é o melhor presente, porque é para os dois: dá aquele cheirinho no pescoço dele, bom de cafungar — comentou, aos risos.

Perto do Camelódromo, Edegar Jaques, de 76 anos, preparava um buquê de rosas para colocar à venda em seu box no Mercado Público. Casado há 50 anos e dono de floricultura há 20 anos, Edegar indica o caminho das pedras para a meninada mais nova.

— A rosa é a flor número um. Depois, vem a orquídea, que é muito bonita e dura mais tempo. Eu estou casado há muito tempo, só meio século, então vou dar um abraço de presente — brincou.

Deixou a escolha do presente para a última hora?
Então confira algumas dicas:

Cesta de café da manhã: segunda-feira é sempre um dia desanimador, mas um sorriso e um belo café da manhã com pães, frios, salgados, doces, sucos e café vai empolgar o início da semana do seu amor. Se for montar a cesta por conta própria, dá para gastar menos de R$ 50;

Vale-massagem ou vale-estética: a partir de R$ 50 você pode surpreender a patroa com um presente pouco tradicional, que vai deixá-la bem relaxada;l

Caixa de chocolate: esse não tem erro. A não ser que a pessoa tenha intolerância à lactose ou não goste de doces, uma caixa de bombons é sempre bem vinda. Os preços variam bastante, mas com R$ 30 é possível comprar uma bela caixa de chocolates;

Jantar romântico: segunda-feira costuma ser um dia em que muitos restaurantes fazem promoção, então dá para aproveitar para buscar um lugar aconchegante para um jantar a dois. Também vale preparar o prato preferido da namorada ou do namorado e decorar a casa com velas, pétalas de rosas, acender um incenso… A partir de R$ 50, já dá para pensar nisso;

Artesanato ilhéu: no Centro de Florianópolis é possível encontrar os mais variados tipos de artesanato que fazem referência à vida na Ilha de Santa Catarina. De rendas a esculturas, passando por canecas e camisetas com desenhos característicos da cidade, dá para encontrar presentes bacanas a partir de R$ 10.

 

Fonte: DC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.