Com Wellington Paulista inspirado, Chapecoense joga em casa para manter os 100% no Catarinense

A Chapecoense tem bons motivos para acreditar que terminará a terceira rodada do Campeonato Catarinense com motivo para comemorar. Um deles é o fato de encarar o lanterna da competição: o Almirante Barroso, de Itajaí, neste sábado, às 19h30min. O outro é o fato de ter um dos goleadores da competição. Com dois gols em dois jogos, o atacante  Wellington Paulista inicia o Estadual como um dos candidatos a artilheiro do campeonato.

– Vou seguir buscando não só a artilharia, mas o título também – disse o atacante, no retorno a Chapecó após a vitória de quarta-feira sobre o Tubarão no Sul do Estado.

Para isso, ele conta com o entrosamento do lateral Reinaldo, autor do cruzamento do seu gol no último jogo, com quem atuou na Ponte Preta.

Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

O atacante também recebeu um pedido especial, de Girlene, viúva de Bruno Rangel, antes da partida contra o Inter de Lages. Ela pediu que honrasse a camisa número 9, do maior artilheiro da história da Chapecoense, com 81 gols.

Ele marcou um dos gols contra o Inter de Lages e homenageou Rangel. A reverência já era para ter ocorrido no amistoso contra o Palmeiras, mas o gol marcado foi anulado por impedimento.

Assim como Rangel, que foi campeão e artilheiro do Catarinense no ano passado, o novo atacante quer deixar seu nome marcado na história do clube.

– Espero continuar fazendo os gols e ajudando a Chape – declarou o novo goleador do Verdão.

Neste sábado, diante do Almirante Barroso, será mais uma oportunidade de conquistar a torcida da Arena Condá. No coração da torcida, ninguém vai esquecer Bruno Rangel. Mas certamente há espaço para novos ídolos.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE: Artur; João Pedro, Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Andrei Girotto e Nenén; Osman (Dodô), Rossi e Wellington Paulista. Técnico: Vagner Mancini

BARROSO:
Rodolfo; Nei, Robenval, Téssio e Adriano Chuva; Van Basty, Rodrigo Couto, Safira, Rodolfo Ferreira e Jefferson Paulista; Schwenck. Técnico: Renê Marques

Arbitragem: Cinésio Mendes Júnior, auxiliado por Diego Felix e Maycon Machado
Horário: Às 19h30min deste sábado (4/2)
Local: Arena Condá, em Chapecó

 

 

Fonte: DC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.