Colombo se reúne com ministro para tratar de questão da carne em SC

O governador de Santa Catarina Raimundo Colombo participou de uma reunião com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, na manhã desta quarta-feira (22), em Brasília, para tratar das medidas da contenção de prejuízos econômicos após a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, deflagrada na sexta-feira (17).

De acordo com Colombo, ficou acertada na reunião a continuidade dos esclarecimentos para o mercado interno e internacional sobre a qualidade da carne de Santa Catarina.

“Alguns mercados já restringiram aquelas 21 plantas, como o Japão, por exemplo. Argentina, isso já está quase que se normalizando, dependendo ainda de alguns esclarecimentos. Existem outros mercados importantes para nós, como a China, a comunidade europeia, que a gente ainda não tem essa autorização. Então, isso vai se agravando a cada hora que passa, porque a produção continua. Nós produzimos 3 milhões de frangos ao dia. Então, você começa a atrasar o abate, começa a ter prejuízo, a gerar toda uma insegurança no setor”, comentou o governador.

Ele enfatizou que dará continuidade na divulgação da qualidade dos produtos de Santa Catarina. “Não há mais dúvidas de que os fatos venceram as versões. O nosso produto é reconhecido, nos últimos 45 anos, nenhum produto catarinense foi sequer criticado pela qualidade, ele é reconhecido no Brasil e no mundo. Ainda não há um prejuízo direto, muitos países estão aceitando nossos esclarecimentos e isso está ajudando. Foram mais de 50 anos para construir este modelo que emprega mais de 300 mil pessoas”, disse Colombo.

Fonte: G1 SC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.