Chuvas e ventos causam estragos em 83 cidades de Santa Catarina nos últimos 11 dias

As chuvas e ventos dos últimos 11 dias em Santa Catarina deixaram um rastro de estragos em praticamente todas as regiões do Estado. Desde o domingo de 16 de outubro, 83 cidades foram atingidas e tiveram algum dano, segundo dados da Defesa Civil.

Os fenômenos registrados vão desde a alagamentos até granizo e tsunami meteorológico, que ocorreu em Araranguá ou Balneário Rincão. Com os problemas, cinco cidades decretaram situação de emergência: Fraiburgo, Capivari de Baixo, Pedras Grandes, Pescaria Brava e Angelina. Até agora, apenas Fraiburgo teve o documento homologado pelo Estado e encaminhado e Brasília para uma posição da Defesa Civil Nacional.

Em Tubarão a prefeitura decretou situação de calamidade pública por conta dos fortes ventos do dia 16. O pedido já foi homologado pelo Estado e está em análise em Brasília para o possível reconhecimento.

Neste mês, o acumulado de chuvas em outubro está acima da média histórica — calculada nas estações meteorológicos com base em dados acumulados por pelo menos 11 anos — em quase todas as regiões de Santa Catarina, sendo que o mês ainda nem terminou, conforme lembra a Epagri/Ciram.

Nesta semana, as grandes quantidades de chuva provocaram muitos alagamentos no Litoral Centro-Norte. Em Balneário Camboriú o Bairro da Barra foi o mais atingido. O Rio das Ostras chegou a transbordar em alguns pontos, e pelo menos três ruas foram alagadas. Ainda na Barra uma pedra se soltou do morro, próximo ao posto da Secretaria de Obras, mas não causou estragos. Também houve deslizamento no Estaleirinho e no Bairro Nova Esperança a parede de uma casa foi atingida por um desmoronamento, mas não há vítimas.

Itajaí também registrou pontos de deslizamentos. No morro de Cabeçudas, cinco famílias ficaram isoladas devido a um escorregamento de terra. Em Bombinhas quatro famílias ficaram desabrigadas por conta de um desmoronamento.

Já em Blumenau, na madrugada desta quinta-feira, dois deslizamentos ocorreram. A primeira ocorrência foi no bairro Testo Salto, na Rua Cordeiros, onde os moradores perceberam um leve deslizamento de terra perto de uma casa.

O caso que chamou mais a atenção foi no Centro, na Rua São José. Parte do muro do Cemitério São José caiu e deixou a via em meia pista até o começo do dia. Ninguém se feriu e houve apenas danos materiais. Técnicos da Defesa Civil estiveram no local, a Guarda de Trânsito sinalizou a rua e equipes trabalham para retirar a terra que caiu.

Fonte: Diário Catarinense
http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2016/10/chuvas-e-ventos-causam-estragos-em-83-cidades-de-santa-catarina-nos-ultimos-11-dias-8041678.html


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.