Chapecó e Joaçaba completam 100 anos nesta sexta; confira programação

Duas das principais cidades catarinenses, Chapecó e Joaçaba completam nesta sexta-feira (24) 100 anos. Os dois municípios do Oeste prepararam programações especiais para marcar a data. Confira:

Joaçaba

Serão três dias de festa para comemorar o centenário da cidade. A programação está concentrada na praça em frente à Catedral Santa Terezinha, com shows locais e nacionais, entre outras apresentações artísticas, além de atividades esportivas e recreação.

Nesta sexta, a praça começa a receber o público a partir das 17h30, uma hora antes do início do Show do Centenário, espetáculo com música, dança, teatro e poesia, e que reunirá mais de 80 artistas locais. Na sequência, é a vez de a dupla sertaneja Marcos e Belutti subir ao palco.

No sábado (26) os portões abrem mais cedo, às 14h30. Após apresentações culturais locais, a dupla tradicionalista Oswaldir e Carlos Magrão se apresenta a partir das 20h. Durante a tarde haverá exposição de artesanato, feira de colecionadores e brinquedos infláveis.

No domingo (27), o evento também começa a partir das 14h30, com eventos esportivos, como minivôlei, badminton e tênis de mesa, e culturais, com hip hop, orquestra de violão e apresentações de alunos da rede pública.

Mais informações sobre a programação estão disponíveis no site da prefeitura de Joaçaba.

Chapecó

Em Chapecó, uma série de atividades foram programadas para esta sexta. Entre os destaques está a inauguração do Monumento dos Cem anos de Chapecó , no canteiro central da Av. Getúlio Vargas, no alto do Loteamento Avenida, às 14h.

Às 15h, no bairro Desbravador, ocorre a inauguração do Radar Meteorológico do Oeste. Às 15h30, no Teatro Municipal, haverá a assinatura de um termo de compromisso entre o governo do estado, prefeitura, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e o Instituto Ayrton Senna para institui políticas públicas de consolidação da educação integral. Haverá palestra de Viviane Senna.

Às 18h30, será celebrada uma missa de ação de graças pelos 100 anos de Chapecó, no Largo da Catedral Santo Antônio. Após a missa, haverá queima de fogos e soltura de 100 balões brancos.

Os detalhes da programação estão no site da prefeitura de Chapecó.

História das duas cidades

As terras de Joaçaba pertenciam ao município de Palmas, no Paraná, até 1916, quando terminou a chamada Guerra do Contestado. A cidade foi então anexada a Santa Catarina e se tornou município no ano seguinte.

Joaçaba na década de 1950 (Foto: Arquivo Histórico de Joaçaba)

Joaçaba na década de 1950 (Foto: Arquivo Histórico de Joaçaba)

A cidade foi colonizada por imigrantes gaúchos de origem italiana e alemã, atraídos pelo Rio do Peixe e pela grande quantidade de madeira de lei. A economia da cidade já foi baseada na extração de madeira e no cultivo de erva-mate, mas hoje tem como foco a indústria.

Também com terras disputadas entre Paraná e Santa Catarina na Guerra do Contestado, Chapecó se tornou município catarinense em 24 de agosto de 1927 e, na época, abrangia todo o grande oeste catarinense.

Ocupada por povos indígenas como os kaingangs e guaranis, a região foi explorada por bandeirantes paulistas. Os primeiros núcleos de povoamento se estabeleceram graças ao fluxo de tropeiros. Hoje, Chapecó é considerada a capital brasileira do agronegócio.

Fonte: G1 SC


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.