Chape vence o atual Campeão Brasileiro em jogo equilibrado

Se há um time que se encontra melhor quando joga debaixo de chuva, esse time é a Chapecoense. A equipe entrou em campo na noite deste sábado (20), na Arena Condá, para enfrentar a equipe do Palmeiras em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão 2017. A exemplo de outros jogos com condições climáticas semelhantes, nesta noite, novamente, a chuva em Chapecó foi sinônimo de vitória do Verdão. Em noite de estreia de Seijas e diante de um Palmeiras com time misto, a Chape se impôs e segue invicta no campeonato e diante de Clubes paulistas – desta vez, o atual Campeão Brasileiro.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado, com boas oportunidades criadas para os dois lados, mas com a Chape mais incisiva nas ações. Abrindo mão dos três volantes e com a entrada do meia Seijas, o que se viu foi um Verdão com ainda mais criatividade no meio campo e mais eficácia com a posse de bola. Nas oportunidades em que o Palmeiras subiu ao ataque – em jogadas individuais – a dupla de zaga formada por Luiz Otávio e Victor Ramos mostrou segurança, assistida pelo goleiro Jandrei, que também praticou boas defesas. Da mesma forma, os laterais da Chape deram conta da marcação e anularam o espaço de Keno e Roger Guedes.

A Chape voltou para a etapa complementar disposta a buscar a vitória e logo aos oito minutos teve boa oportunidade de abrir o placar, em cabeceio de Arthur. O Palmeiras também voltou para a partida levando perigo ao campo do Verdão, que, em boa leitura de jogo, subiu a marcação e voltou a equilibrar as ações. Aos 17, Rossi cabeceou e após defesa de Prass, Wellington Paulista quase marcou. Aos 26, como de costume, a Arena Condá se levantou e cantou em uníssono o marcante “vamos, vamos, Chape”. E para coroar o momento marcante, aos 27 Rossi arrancou contra-ataque pelo lado esquerdo e bateu cruzado. Fernando Prass defendeu, mas a bola sobrou para Luiz Antônio, que não desperdiçou e anotou para o Verdão. Com o placar favorável, coube a Chape administrar a partida e garantir a vitória.

O técnico Vagner Mancini admitiu a dificuldade diante do adversário extremamente qualificado que é o Palmeiras,, mas exaltou a boa leitura de jogo da equipe, que percebeu que o time que conseguisse encaixar uma jogada sairia na frente e, consequentemente, garantiria a vitória – considerando as circunstâncias da partida. Mancini destacou, ainda, o empenho dos atletas e afirmou que isso deve ser extremamente valorizado.

O próximo compromisso da Chape é na terça-feira (23), diante do Zulia. O confronto é o último pela fase de Grupos da Libertadores, e uma vitória garante a Chape na próxima etapa da competição.

Texto: Alessandra Seidel | Foto: Sirli Freitas

Site: chapecoense.com


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.