Avaí vence a Chapecoense e segue 100% no Catarinense

Romulo desencantou. O artilheiro do Avaí na temporada passada voltou a balançar as redes e fazer a alegria da torcida azurra. Na noite desta quarta-feira, na vitória por 3 a 0 sobre a Chapecoense, o jovem atacante marcou duas vezes e ajudou o Leão a seguir 100% no Campeonato Catarinense, sem derrotas e na liderança isolada, com 12 pontos. O outro gol do time da Capital foi anotado por Denilson, o artilheiro dançarino da competição, com quatro tentos.

A primeira etapa da partida foi muito movimentada, com os dois times buscando o jogo e arriscando. O Leão construía a maioria de suas jogadas pela esquerda com Capa, inspirado, enquanto a Chape, pelos pés de Rossi, arriscava chutes fortes, de fora da área. Um deles quase entrou, aos 28 minutos, mas o goleiro Kozlinski estava ligado. O arqueiro se esticou e conseguiu mandar pela linha de fundo, com confiança.

A boa movimentação de Capa ajudou o Leão a chegar ao primeiro gol. Ele recebeu na esquerda e achou Romulo na área, que girou antes de chutar para marcar.

– Pude fazer mais um gol com a camisa do Avaí. O Capa cruzou, eu girei e chutei rápido. Esse gol vai para o meu padrinho, ele me pediu antes do jogo e eu mando pra ele – disse o atacante do Leão.

Show dos goleiros

Mas não foi só o goleiro do Avaí que fez grandes defesas no primeiro tempo. Elias também brilhou, ao defender dois chutes seguidos do Avaí na mesma jogada. O Verdão ainda teve mais um grande de chegar ao empate, aos 40, com Osman, mas o chute do atleta desviou na defesa do Leão e saiu, por pouco.

Quem fez um intervalo um pouco maior entre os dois tempos com certeza perdeu o segundo gol do Leão. Com apenas dois minutos, Denilson, o artilheiro dançarino, deixou o dele. Ele aproveitou um cruzamento certeiro de Leandro Silva e cabeceou no gol para sair comemorando de trenzinho com os companheiros.

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Romulo ainda teve chance de marcar mais um para o Leão. Em outro lance de Leandro Silva pela direita, o atacante ficou de frente para o gol de Elias, mas acabou desperdiçando e chutando para fora.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ (3)

Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão, Capa, Luan, Judson, Marquinhos (Gustavo Santos), Diego Jardel (Marcelinho), Romulo (Júnior Dutra) e Denilson

Técnico: Claudinei Oliveira

CHAPECOENSE (0)

Elias; Zeballos, Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Andrei Girotto (Nadson), Dodô (Luiz Antônio), Rossi, Osman (Martinuccio) e Wellington Paulista

Técnico: Vagner Mancini

Gols: Romulo, aos 16 minutos do 1º tempo e aos 16 do 2º tempo (A), Denilson, aos dois minutos do 2º tempo (A)
Cartões amarelos: Luan, Marquinhos, Denilson, Capa (A); Dodô, Amaral, Andrei Girotto (C)

Arbitragem: Rodrigo D’Alonso Ferreira, auxiliado por Eder Alexandre e Thiago Americano Labes

Local: Estádio da da Ressacada (Florianópolis)

Público total: 7.527
Renda: R$ 136.606

 

Fonte: Diário Catarinense


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.