10 histórias de quem sobreviveu a situações extremas

1. Mathew Allen

Em 2013, este jovem tinha 18 anos e sofria de um problema mental quando sumiu de sua casa na Austrália. Após dois meses, ele foi encontrado na mata onde havia se perdido: tinha parte do corpo gangrenada, estava parcialmente cego, com várias picadas de insetos e extremamente magro.

Justamente naquela época, a Austrália enfrentava uma terrível onda de calor que provocou muitos incêndios pelo país. Na opinião de muitos, o fato de o rapaz ter sido encontrado com vida após tanto tempo sem alimento nem um abrigo para se proteger do clima foi um verdadeiro milagre.

2. Fabrice Muamba

Muamba é um ex-jogador de futebol que atuava num time da Inglaterra. Em 2012, durante uma partida, ele sofreu uma parada cardíaca. Seu coração ficou inerte por 78 minutos, período no qual os médicos o deram como morto. Surpreendentemente, o atleta despertou e se recuperou bem, apesar de ter deixado os gramados.

3. O soldado que viajava no avião

Em 2014, um avião militar caiu na Argélia, matando 77 pessoas, entre militares e seus parentes. Mas ninguém esperava que um soldado sobrevivesse ao trágico acidente, o pior do país em mais de uma década. Encontrado em condições críticas, o soldado conseguiu se recuperar.

5. Katrina Burgess

Em 2009, uma jovem de 17 anos sofreu um grave acidente de automóvel, e os médicos precisaram implantar 11 parafusos de titânio no pescoço, costas e pernas para manter o corpo unido e outras peças para sustentar o pescoço. Os especialistas disseram que ela não voltaria a andar, mas meses mais tarde, ela chegou a recuperar-se totalmente. A garota assinou um contrato para trabalhar como modelo cinco meses depois.

6. Alcides Moreno

Em 2007, os irmãos Edgar e Alcides trabalhavam limpando janelas de um arranha céu em Nova York quando, de repente, despencaram 47 andares após o rompimento do cabo da plataforma que os sustentava. Eles não usavam equipamentos de segurança, e Edgar morreu na hora. Alcides, porém, conseguiu sobreviver. Com costelas e braços quebrados e uma lesão na coluna, ele foi entrou em coma induzido. Após algum tempo, ele se recuperou e voltou até a andar. Os médicos ficaram muito surpresos com a evolução de seu quadro clínico.

7. Lorna Baillie

Lorna era mãe de quatro filhos e tinha 49 anos quando sofreu um ataque cardíaco e foi declarada morta após 45 minutos de tentativas de reanimação. Os médicos disseram aos familiares da paciente que eles deviam se despedir, mas, ao se aproximar de Lorna, seu marido sussurou ao seu ouvido: “Lorna, volte. Eu te amo”. Quase de imediato, ela respirou e foi levada à UTI, onde recuperou-se aos poucos. Segundo os médicos, casos assim são muito raros.

8. Paul Templer

Em 1995, um ex-militar britânico que havia se mudado de volta ao seu país natal, Zimbábue, para tornar-se guia turístico em rios, levava um grupo de turistas quando encontrou um feroz hipopótamo, que atacou as pessoas. O animal conseguiu derrubar outro guia, mas Templer se jogou na água para ajudar. O hipopótamo colocou a cabeça de Paul na boca, mas o homem conseguiu se desvencilhar. No entanto, a fera atacou novamente, causando sérios danos ao corpo do guia. Após o ataque, o homem foi levado ao pronto-socorro, onde seu braço precisou ser amputado. Templer se recuperou, voltou a trabalhar como guia turístico e até a praticar remo.

9. Peter Skyllberg

Em janeiro de 2012, um carro coberto de neve foi encontrado numa rodovia pouco movimentada da Suécia. Para surpresa geral, ali dentro estava Peter, um homem de 44 anos que tinha ficado preso dois meses antes. Ele sobreviveu durante todo aquele tempo bebendo água da neve que derretia e sob temperaturas de 15 graus negativos. Alguns acreditam que Peter sofreu um efeito de hibernação que desacelerou seu metabolismo. Outros acham que seu carro criou um efeito iglu, protegendo-o da morte pelas baixas temperaturas.

10. Wenseslao Moguel

Wenseslao Moguel foi um mexicano que se uniu à revolução, sendo capturado em 1915. Condenado à morte, ele foi levado a um paredão de fuzilamento, quando foram disparados oito tiros mais um último tiro de misericórdia. Ele foi encontrado com vida entre os corpos dos demais fuzilados, sendo levado a um local onde recebeu cuidados médicos. Moguel viveu até 1975 e participou de programas de TV.

 

Fonte: Incrível


Envie pelo WhatsApp a palavra 'Sim' para (49) 98824-6292 e receba as principais notícias da região.